quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

POPULAÇÃO ESPERA AGILIDADE NA APURAÇÃO DE DENÚNCIAS CONTRA O GOVERNO PETISTA EM COELHO NETO - MA.

O carro-chefe das denúncias são as licitações supostamente fraudulentas que resultaram em contratos milionários com empresas de Vargem Grande - MA.

Foto: Arquivo

O início de 2018 renova as esperanças da população na justiça, de modo a evidenciar as verdades que foram ocultadas nas ações duvidosas, praticadas pelo atual governo municipal, em 2017, a exemplo da reforma do prédio do SAMU, licitado de maneira escandalosa por R$ 53.699,44 e contratada de maneira generosa por R$ 74.412,08 com a empresa COTRAL, de Vargem Grande.

A situação indica que o MPE vai ter que intimar pessoas de fora do município para apurar essas verdades que o povo precisa saber e denunciar os responsáveis à justiça.

Aconteceu que, quando sentiu o mingau quente no seu prato, o governo cuidou logo em demitir o presidente da Comissão Permanente de Licitação - CPL, dando a entender que tal medida, ao virar notícia, o isentaria de todas as responsabilidades que o envolve diretamente num pacote licitatório, supostamente fraudulento, que inclui, além da reforma do SAMU, o contrato de reformas de cinco escolas e um contrato de limpeza pública, firmados com as empresas de Vargem Grande, pertencentes à mesma família.

A realização dessas licitações se deram de maneira absolutamente conturbadas, o que foi tempestivamente contestado por outras empresas que registraram boletim de ocorrência na DPC da Comarca e publicado neste blog, o que gerou denúncia à Promotoria local.

Nós estamos acompanhando o desenrolar desses acontecimentos que deveriam servir de alerta ao prefeito da cidade, o qual, ao invés de cuidar dos quase 50 mil habitantes, passa a maior parte do tempo em audiências, no Fórum local, na tentativa de usar a justiça para intimidar jornalistas e perseguir opositores.

Enquanto isso...

A reforma das escolas nunca foram concluídas. Das cinco, apenas duas foram entregues. Porém, a qualidade das obras é discutível.


Lixo acumulado nos bairros










O retrato da ineficiência


Segundo um ex-vereador do município, as empresas contratadas pelo governo municipal, além de não prestarem um serviço eficiente, atropelam a Lei e sonegam direitos trabalhistas àqueles que são contratados para a realização dos serviços, como é o caso da Limpeza Pública, onde os trabalhadores são contratados como ajudantes e não como garis, uma forma maledicente de não pagar o salário de gari, além de não pagarem encargos sociais exigidos pela Lei. Essas denúncias seriam corriqueiras da parte de servidores que preferiram não se identificarem por medo de represálias.


terça-feira, 2 de janeiro de 2018

EX-VEREADOR DE COELHO NETO (MA) CONTINUA À DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES

Foto: Edvaldo Alves e o blogueiro Milton Vieira
O ex-vereador do município de Coelho Neto - MA, Edvaldo Alves da Silva (VAL) continua monitorado eletronicamente, à disposição das autoridades para responder sobre sua participação no último protesto popular em defesa da "Feira do Braz".

Devido o monitoramento e em respeito à justiça o ex-vereador não participou da confraternização promovida pelo ex-prefeito Soliney Silva dia 31.

Edvaldo Alves aguarda o chamado para depor, momento em que espera sair do monitoramento e continuar sua luta em defesa dos interesses da comunidade coelhonetense.

Mesmo demonstrando certa inquietação com o que está acontecendo, ele se dispôs a a aceitar o fato, comum aos grandes líderes. O seu depoimento só vai acontecer após o recesso do judiciário, previsto para o dia 8 de janeiro.

SOLINEY SILVA REALIZA A FESTA DA VIRADA EM SUA FAZENDA PIMENTAS

A confraternização foi marcada por discursos efusivos em que o ex-prefeito foi bastante ovacionado. Ele se compadeceu da situação do município e colocou seu destino político nas mãos dos amigos.
Soliney e Suely Silva 
O ex-prefeito Soliney Silva reuniu a família, os vizinhos, funcionários, amigos e correligionários para a confraternização de fim de ano.

A festa aconteceu na fazenda Pimentas e durou a noite toda. Rajadas de fogos, abraços e aplausos marcaram a hora da virada promovida pelo ex-prefeito.

Eu seu discurso, Soliney pediu preces por Coelho Neto e agradeceu o apreço e afeto do seu povo. Não esqueceu de lamentar a situação econômico-financeira que passa o município, segundo ele imposta por uma administração incompetente e sem rumo.

Num ambiente fraterno e descontraído, a festa da virada na fazenda Pimentas serviu também para mostrar que Soliney Silva continua sendo o maior líder político do município e  região.

Confira algumas fotos da festa de Soliney: