terça-feira, 25 de abril de 2017

Prefeitura de Coelho Neto (MA) vai demitir mais 25 servidores da Saúde

Foto: João Osório (Arquivo)

Super chefe Milton Mourão

A prefeitura de Coelho Neto (MA) vai demitir, até o dia 5 de maio, mais 25 servidores da Saúde, incluindo funcionários da UPA Maria de Sousa e Silva. O anúncio foi feito por Milton Mourão (foto E), que agora é uma espécie de super secretário”, pois, acumula sob sua responsabilidade, as pastas da educação e gabinete. 

SEMUS Cristiane Bacelar
A saúde está sob o comando da secretária Cristiane Bacelar (foto D), que vem causando pânico nos servidores pelo seu grosso modo de conduzir a pasta. As demissões, segundo Milton Mourão, são parte dos planos do prefeito Américo de Sousa (PT), para dar lugar aos seus eleitores e aliados políticos. 

As demissões, principalmente na saúde, podem comprometer ainda mais a qualidade dos serviços que são dispensados à população. Afinal, tirar quem sabe desempenhar determinada função, para colocar alguém que ainda vai aprender, pode significar um erro primário para quem governa uma cidade como Coelho Neto. 

Prefeitura de Coelho Neto (MA) inicia a recuperação da iluminação pública


Foto: Blog do Samuel
Demorou! Mas, finalmente, a prefeitura iniciou a recuperação da iluminação pública da cidade. Embora o governo tenha selecionado pontos específicos do centro da cidade, para incrementar a propaganda do início desse trabalho, a iluminação precisa atingir os pontos mais críticos. 

O medo ainda é o principal companheiro das pessoas que precisam trafegar pelas ruas e avenidas. Esse medo é triplicado quando são obrigadas a andar pela periferia no horário noturno. 

Entanto, mesmo não transparecendo a existência de um planejamento para esse fim, a iluminação pública é um benefício mais que urgente e o governo, ao começar a fazer sua parte, já recebe, em contrapartida, o agradecimento da população que, ingenuamente, e de tanto esperar, esquece que paga na conta mensal de energia para ter essa benfeitoria.

Em verdade, os problemas do povo são intermináveis: quando se resolve um aparecem dez! Contudo, gestor público nenhum deve se respaldar nisso para deixar de cumprir suas obrigações. O importante é que o governo começa a dar sinais de que resolveu sair da zona de conforto.


A expectativa agora é saber se a iluminação pública vai chegar também à zona rural, onde o problema é igualmente alarmante. 

LAVA JATO

Auditoria responde Moro e diz que Lula não teve participação em ato de corrupção na Petrobrás

Auditoria responde Moro e diz que Lula não teve participação em ato de corrupção na Petrobrás
Cumprindo ordens do Juiz Sérgio Moro, a PricewaterhouseCoopers, renomada empresa de auditoria independente, apresentou expediente, nesta segunda (24), para informar que durante a realização de auditoria na Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, não foram identificados e nem trazidos ao conhecimento atos de corrupção ou atos ilícitos com a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Em outras ações penais, advogados de Lula já pediram a juntada de relatórios de auditoria realizado pelas empresas ERNEST&YOUNG, KPMG e a própria PRICEWATERHOUSECOOPERS, que jamais indicaram em seus relatórios de auditoria qualquer ato ilícito, muito menos envolvendo o ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.
Autor em /

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Prefeito paga "Mensalinho" para ter maioria na Câmara Municipal de Coelho Neto - MA

Foto: Internet

O prefeito Américo de Sousa (PT) estaria pagando R$ 4 mil e disponibilizando dez contratos de trabalho a vereadores, para ter maioria na Câmara Municipal.

Trata-se de um vazamento de informações. O acordo, que estaria beneficiando vereadores de 7 partidos, teria começado nas articulações para eleição do vereador Osmar Aguiar (PT) à presidência da casa.

(Foto: Ineternet) O "mensalinho estaria beneficiando 11 vereadores

Além do pagamento individual de R$ 4 mil mensais, fora o salário, cada um dos envolvidos no esquema teria direito a dez contratos de trabalho na prefeitura. Desses, segundo as informações, apenas 4 ainda não puderam indicar nomes para as dez vagas na totalidade. São os que o prefeito e sua cúpula consideram “não confiáveis”, por terem comportamento explosivo e atitudes duvidosas no trato com os interesses do Executivo.

O esquema pode estar subtraindo dos cofres públicos algo superior a R$ 150 mil por mês, dinheiro que poderia está sendo aplicado na Saúde, na recuperação de logradouros públicos, reforma de escolas, etc.


Vereador JP
Realmente, o que se observa são parentes de vereadores ocupando funções de destaque nas repartições públicas do município. Na Câmara, a imensa maioria deles permanece calada diante dos problemas da população. Visível, também, é o comportamento de uns poucos que, na condição de insatisfeitos com o prefeito, começam demonstrar isso no tom dos discursos durante as sessões. Pelo menos dois já se declararam aos colegas oposição ao prefeito Américo de Sousa: João Paulo (PMDB) e Dr. Ricardo (PPS). Curiosamente, esses dois ficaram de fora do "Bolsa Combustível", denunciado por um blog da cidade.


Ver. Dr. Ricardo
Sofrendo as consequências desse jogo de interesses estão alguns contratados. Chegou à nossa redação que a prefeitura estaria demitindo servidores ligados a JP e Ricardo.
Presidente Osmar Aguiar

Há quem aposte numa dissidência muito maior, caso se confirme o fato de que o presidente Osmar Aguiar (PT) estaria alterando os valores da corrupção, ou seja, repassando de mais para uns e de menos para outros, como comprova a relação de distribuição do "Bolsa Combustível", em que o vereador Moabe Branco (PSD) aparece com um crédito de R$ 540, ou seja, R$ 40 a mais que os outros.
Vereador Moabe Branco


Suposto comprovante do Bolsa Combustível

Vereador Rafael Cruz

A nossa redação tentou contato com o presidente Osmar Aguiar para saber a versão dele sobre  esse suposto mar de lama na Câmara Municipal, mas o mesmo não retornou nossas ligações. Apenas o vereador Rafael Cruz (PMDB) retornou a ligação e afirmou ter conhecimento de "boatos" sobre o hipotético "mensalinho", porém, não poderia confirmar. "Uma coisa é certa, caro blogueiro: eu, Rafael Cruz, estou fora disso", afirmou o parlamentar.  

Morre o cantor Jerry Adriani, aos 70 anos

Cantor Jerry Adriani
Cantor Jerry Adriani Foto: Bernardo Mendonça

Extra

Um dos grandes ídolos da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani morreu neste domingo, aos 70 anos. Diagnosticado com câncer, o músico estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. O corpo do cantor será velado e enterrado nesta segunda-feira, no Cemitério do Caju, no Centro do Rio, mas ainda não há um horário definido.
Pouco depois do falecimento, a família do cantor publicou uma mensagem na página oficial do músico numa rede social: "A família de Jerry Adriani tem o doloroso dever de comunicar aos seus amigos o seu falecimento. Agradecemos a todos pelo enorme carinho".
O cantor foi diagnosticado com câncer depois de ser internado, em março, devido a uma trombose venosa profunda na perna. No hospital, Jerry foi submetido a uma série de exames que revelaram a doença. Ele chegou a receber alta e passou 15 dias em casa, antes de voltar à unidade de saúde para nova internação.
Nascido em 29 do janeiro de 1947, em São Paulo, Jair Alves de Souza tornou-se conhecido pelo nome de Jerry Adriani em 1964, quando lançou o LP "Italianíssimo" — descendente de italianos, ele aprendeu a cantar em italiano com a avó. No mesmo ano, lançou o álbum "Credi a me". Mas foi em 1965 que o músico fez sucesso com "Um grande amor", seu primeiro disco gravado em português. Na mesma época, Adriani apresentou o programa “Excelsior a go go” pela TV Excelsior de São Paulo em parceria com o comunicador Luiz Aguiar.
Entre 1967 e 68, o músico apresentou "A grande parada", na TV Tupi, ao lado de Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marilia Pera. O programa musical era exibido ao vivo e trazia grandes nomes da MPB. No cinema, o músico fez três filmes como ator/cantor: “Essa gatinha a minha”, “Jerry, a grande parada”, e “Jerry em busca do tesouro”.
Adriani foi o responsável pela vinda de Raul Seixas para o Rio - eles haviam se tornado amigos em Salvador. “Raulzito e os Panteras”, como eram conhecidos, formavam a banda de apoio que tocou com Adriani durante 3 anos.
Na primeira metade da década de 1970, Adriani gravou discos e fez shows em países como Venezuela, Peru, Estados Unidos, México, e Canadá. Em 1985, lançou o álbum “Tempos felizes”, no qual registrou antigos sucessos da Jovem Guarda, entre as quais “Festa de arromba”, “O bom rapaz” e “Quero que vá tudo pro inferno”.
No inicio da década de 1990, o músico gravou um álbum em homenagem a Elvis Presley, "Elvis vive", o 24° disco de sua carreira. Em 1994, ele participou da novela “74.5 — Uma onda no ar”, exibida pela extinta Manchete. Um ano depois, participou da coleção "Os maiores sucessos dos 30 anos da Jovem Guarda" como convidado especial, pela qual foram lançados 5 discos comemorativos. Em 1996, gravou o CD “Io”, com clássicos da música italiana. O artista lançou o disco "Forza sempre" em 1999, com músicas da Legião Urbana gravadas em italiano. Ele considerava o trabalho, que vendeu 200 mil cópias, um marco em sua carreira.

Em outubro de 2007, gravou seu primeiro DVD, “Jerry Adriani Acústico ao vivo”, também lançado em CD, no Canecão. O trabalho trazia releituras de sucessos da carreira do artista aolado de canções inéditas. Em 2011, lançou o CD “Pop, Jerry & rock”, que homenageava Raul Seixas e Tim Maia na faixa “2012”.
Em 2012, apresentou o show “Jerry toca Raul & Elvis”, no Rio. Em 2014 completou 50 anos de carreira com um show com seus maiores sucessos.
Na página do cantor no Facebook, fãs e amigos lamentam o ocorrido. "Senhor, dai-nos força e alento. Dai a todos que o amamos, conforto neste momento. Paz para sua alma Luz para a sua passagem . Nosso amor segue com ele. Deus esteja ao teu lado, Jerry Adriani. Descanse em paz, na Sua Glória", escreveu uma.


segunda-feira, 17 de abril de 2017

Pais e mães de alunos de Coelho Neto - MA denunciam falta de transporte, comprometimento da carga horária e merenda de péssima qualidade

Crianças saindo da escola às nove da manhã

Pelo visto, o prefeito de Coelho Neto (MA) Américo de Sousa (PT) e sua equipe de governo não estão muito interessados em resolver os problemas da Educação. O sofrimento de pais, mães e alunos continua. Sem a reforma das unidades de ensino as crianças foram remanejadas para salas alugadas em vários pontos da cidade. Porém, a grande maioria dos discentes tem que percorrer até 3 quilômetros, a pé, até chegar a sala de aula.

Algumas mães denunciam que ainda são chamadas à atenção pelos professores sempre que chegam atrasadas com seus filhos na escola. “E por que diabo esse prefeito não coloca ônibus para os alunos?”, interrogou uma mãe de aluno que não quis se identificar. Ela é moradora do Bairro Parque Amazonas e tem filho estudando na escola Pequenópolis. O retorno para casa, o que na maioria das vezes acontece às 9 da manhã, é ainda mais penoso: tem que ser a pé e sob o sol quente. 

De fato, a saída do turno matutino tem acontecido quase sempre às 9 da manhã. Na maioria das vezes, por falta do que o governo chama de merenda. Por conta disso, surge outra preocupação: o comprometimento da carga horária.

Outro assunto que requer toda atenção do Ministério Público, e que as mães não conseguem esconder a preocupação, está relacionado à qualidade nutricional e de validade da merenda que é servida às crianças: apenas suco de fruta artificial e biscoitos.

As mães chamam a atenção das autoridades para esse assunto muito delicado. Elas afirmam que muitas crianças já adoeceram devido a péssima qualidade da merenda.

Em verdade, a merenda deveria até evoluir de complemento alimentar para uma refeição, porque ela significaria para a maioria das crianças a refeição principal do dia e a única garantida, contribuindo para o aumento da importância da escola. Enfim, uma questão de sobrevivência. Lamentavelmente, o governo municipal não tem essa visão, apesar de ter o mais necessário: recursos financeiros.

 O que é revoltante para a comunidade estudantil é a ausência do poder público. Ninguém se apresenta para minorar o sofrimento dessas pessoas.

Elas gostariam de ver disponibilizado pelo menos o transporte para os alunos, de modo a evitar tanto sofrimento e perda de tempo.


Resumo da Semana

Confira agora as principais matérias que circularam nas redes sociais durante a semana que passou:

Afonso Bastos/SAAE

J. Mascarenhas/Limpeza Pública

10 de abril - Servidores de Coelho Neto – MA acusam o governo Américo de Sousa de estar cometendo Assédio Moral


Esse tipo de abuso estaria acontecendo com mais frequência na Limpeza Pública e no SAAE, sob a responsabilidade dos servidores Jota Mascarenhas e Afonso Bastos, respectivamente.


11 de abril - O ex-prefeito de Coelho Neto Soliney Silva (PMDB), recebeu em seu escritório, na capital São Luís, a visita do ex-ministro do turismo, ex-presidente do FNDE, ex-deputado federal e atual Presidente do PROS no Maranhão Gastão Vieira.A conversa girou em torno do cenário político atual do Estado e sobre o processo eleitoral do ano que vem.
Soliney Silva e Gastão Vieira

12 de abril - Funcionários do Hospital Municipal denunciam que a atual secretária de saúde de Coelho Neto, Cristiane Bacelar determinou a recuperação de colchões velhos para serem reaproveitados naquela Unidade de Saúde.
José Raimundo

13 de abril – Morre em Teresina (PI), aos 69 anos, por falência múltipla dos órgãos, o ex-vereador e aliado tradicional do ex-prefeito Soliney Silva (PMDB), José Raimundo Coutinho Bastos. Soliney, por nota divulgada nos meios de comunicação, elogiou a vida pública do seu aliado e externou condolências à família enlutada. Zé Raimundo deixa a esposa Eliane Aguiar e três filhos.

O Blog do Samuel Bastos divulga o que chamou de devassa na Saúde protagonizada pelo prefeito de coelho Neto – MA, Américo de Sousa (PT) e pela secretária da pasta, Cristiane Bacelar (SD). Na matéria, o blogueiro denuncia que a tesoura do destes acabou atingindo também os pacientes de hemodiálise, os quais estariam com o pagamento do TFD (Tratamento Fora de Domicílio) totalmente irregular.

14 de abril - A Prefeitura de Coelho Neto assina contrato com uma empresa de assessoria e consultoria contábil, para prestação de serviços ao município, com a empresa Kleiton Gonçalves de Miranda – Eireli, com sede em São Luís. A firma será a responsável pela prestação de serviços recebendo   a bagatela de R$ R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais), o que corresponde a R$ 45 mil/ mês a partir da data de assinatura do contrato.
 15 de abril – Cai na rede o contrato para aquisição de rádios transmissores ao SAMU, firmado entre a Secretária Municipal de Saúde e a empresa BITMAIL SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA – ME, com sede em São Luís, no valor de R$ 68.403,00 (sessenta e oito mil, quatrocentos e três reais). O investimento joga por terra a afirmativa do governo petista de que não há dinheiro para garantir eficiência no setor.


Empresário João do peixe  ao lado do advogado Val Filho



Empresário João do Peixe é posto em liberdade provisória depois de ser preso por porte ilegal de arma e tentativa de suborno. O advogado Val Filho foi o autor da petição que relaxou a prisão do empresário